Os debates em torno das alterações climáticas e da atual crise relativa a essa temática, levaram o jornal Público a realizar uma “Série Especial Crise Climática”. Neste sentido, o Público junta-se a 250 órgãos de informação de todo o mundo para uma semana dedicada ao clima, nas vésperas da Cimeira da Organização das Nações Unidas.

A Praia de Cortegaça, sendo a praia do país em que o mar conseguiu avançar mais ao longo dos últimos anos, levou o Público a focar-se parcialmente no concelho de Ovar para a elaboração da primeira reportagem sobre a crise climática. Os jornalistas estiveram no terreno e para além de entrevistarem residentes vareiros, entrevistaram também Sérgio Vicente, Presidente da Junta de Freguesia de Cortegaça, bem como um Engenheiro da Universidade de Aveiro, responsável sobre estudos da orla costeira. O mesmo investigador afirma que as previsões apontam para o desaparecimento de todo o areal existente entre Cortegaça e o Furadouro.

Na mesma reportagem, o Presidente da Junta de Freguesia de Cortegaça fala também do trabalho que tem vindo a ser feito em parceria com a Câmara Municipal de Ovar para a defesa da costa cortegacense e também do Parque de Campismo, praticamente colado ao mar. Segundo Sérgio Vicente, está garantido um novo local para a instalação do parque de campismo, recuando-o cerca de 500 metros. Existe também a expetativa de construção de um quebra-mar destacado e que será alvo de candidatura a fundos comunitários que poderá travar os riscos para o parque, no entanto e para o imediato, o espaço terá de recuar 50 metros.

Poderá ler a primeira reportagem na íntegra na edição de 16 de setembro de 2019, ou a partir do seguinte link do jornal Público, aqui.

Ainda não existem comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será público. Os campos obrigatórios estão marcados com (*).

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.